quinta-feira, junho 18, 2009

Atestado de Burrice

Vou aproveitar meu lado de revolta surgido na semana passada, pra pegar carona e talvez entregar o Atestado de Burrice à classe política araxaense.Mas eu farei isso com uma condição: se ela realmente não conseguir sentar com antecedência, varrer os egos do mapa, e fechar questão em apenas um candidato a Deputado Estadual em 2010. A palavra mágica, pessoas: um candidato único para Deputado Estadual (colocarei logo em seguida só um ponto de exclamação, mas considere que foram inúmeros) !
Você aí que é um político cheio de confiança, vendo sua carreira crescer após cada eleição, deve estar com muita vontade e gana de galgar mais uma posição na escadinha de sua carreira política, e abocanhar uma vaga lá em Belo Horizonte, né?
Pois eu te peço encarecidamente para que, mesmo que seus demais colegas interessados na vaguinha de Deputado Estadual não queiram rachar a conta, contrate um matemático.
Não deixe que sua confiança de momento te cegue, e te faça achar que, com seu talento para a política, calará a opinião de pessoas como esta aqui, enganando toda uma história política de fracassos retumbantes em Araxá, na busca de uma vaga na Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais.
A matemática neste caso é o grande fator. É onde tudo se resume.
Se você, candidato a candidato a Deputado Estadual por Araxá, ainda está em dúvida sobre contratar um matemático, posso fazer o serviço gratuitamente para você. Acompanhe.
Na última eleição, o candidato eleito para Deputado Estadual com menos votos foi o Carlin, do PC do B, com 21.048 votos.
Na última eleição para Prefeito, Jeová venceu com 23.194 votos ( ou seja, muito perto da pior performance para Deputado Estadual). O candidato Bosco, que ficou em segundo lugar, teve 19.563 votos.
A eleição contou ainda com um terceiro candidato forte, o Toninho Barbosão, com 11.688 votos.
Vale lembrar ainda que um candidato com 48.938 votos, pelo PSDB, não foi eleito Deputado Estadual em 2006, por causa de sigla.
Nesta eleição para Deputado Estadual, a votação dos nossos dois candidatos araxaenses somada totalizou 52.702 votos.
32.784 para Miguel Júnior e 19.918 para Bosco.

Quais considerações rápidas podemos fazer?

- Se tivermos 3 candidatos a Deputado Estadual, mantendo-se a mesma votação, divide-se ainda mais a quantidade de votos. Cada um receberá seu Atestado de Burrice desta coluna, e não será eleito.
- Se tivermos 2 candidatos a Deputado Estadual, provavelmente repetiremos o mesmo erro das eleições passadas, e mais uma vez não teremos representante em Belo Horizonte.Cada um levará seu querido Atestado de Burrice desta coluna, fora o rombo financeiro na conta.
- Com um candidato único a Deputado Estadual, apenas mantendo a mesma votação da eleição de 2006, ele terá a expressiva votação de 52.702 votos, passando em quase 4000 votos da votação do último candidato a ter ficado de fora da assembléia, por causa de sigla. E olha que mesmo assim, será uma votação apertada...Assim, receberá com todas as honras o Atestado de Inteligência não meu, mas de toda a população araxaense, que deseja apenas isto: que a classe política guarde seus egos em casa, e escolha um único candidato a Deputado Estadual.
Porque vocês não colocam uma urna na Prefeitura, para que a população vote no seu candidato a Deputado estadual favorito? O vencedor seria o candidato único.
Não seria esta a opção perfeita para resolver isto?
Postar um comentário