sábado, março 17, 2007

Poetizando pra viver muito

A sobriedade é quando
na sóbria idade
sobra saudade
não cobra nada
ou cobra não nada
mas o cérebro voa
avô voa
nunca em vão
Postar um comentário