domingo, novembro 02, 2008

O Galo entrou na C.T.I.

O nosso querido Clube Atlético Mineiro acaba de entrar na C.T.I., sigla para " Cotovelo-Talking com Inteligência".
O presidente que acaba de ser eleito, Alexandre Kalil, tem este estilo de não medir as palavras que saem da sua boca. Mas está aí também o seu diferencial: ele as usa, na maioria das vezes, com inteligência. Pelo menos é o que nós atleticanos esperamos.
Conversando com um amigo meu, vascaíno, ele me confessou, talvez por desespero, que deseja loucamente a volta de Eurico Miranda á presidência do Vasco.
Ele me disse isso depois que eu argumentei que muitos brasileiros não vascaínos torceriam pelo Vasco, por causa da simpatia e da figura do Roberto Dinamite.
O meu amigo me disse que " o coitado do Dinamite é um bonequinho da oposição, ingênuo."
Espero que o Kalil seja um destes que inflamem a massa, que atraia a mídia, mas que traga resultados como o Eurico Miranda trouxe ( Libertadores de 98), porém sem desastres financeiros como o da parceria com o Bank of America, leia aqui notícia da época.
O Galo acaba de entrar na C.T.I. E com a cotovelo-talking com inteligência do Kalil, esperamos que ele se recupere aos poucos, tire a máscara ( de oxigênio), e volte a ser o time que sempre disputou o número 1 em tudo: em títulos, em vitórias, em renda, em participação inigualávelda torcida nos estádios. E que agora acrescente nesta lista uma vitória em estratégia de marketing, firmando uma parceria ganha-ganha com alguma empresa competente do setor, ou apenas criando boas ações nesta área.É o que o torcedor espera.
Basta ver o exemplo do Corinthians. Lugar de time grande é na Série A. Se cai uma vez para a B, é para aprender de uma vez por todas.
Postar um comentário