quarta-feira, fevereiro 07, 2007

Pacman poético

Esta palavra última é a comedora de palavras, que corre atrás desta aqui na frente, esta por sua vez voando desesperada, atualizando-se, tirando a roupa fora ficando nua no plural ou singular, cuidado pra não parar, ar, ar, começou a disparar a uma velocidade de cento e oitenta letras por segundo, quase à velocidade da luz das palavras.

As palavras têm luzes
Antes de apagarem
para o lento
O lento e belo
Relento
Postar um comentário