quinta-feira, maio 17, 2007

Sábio quem diz

Moeda forte, não só sorte
Economia viva, o comércio ativa
Risco-país baixa, dinheiro em caixa
Sábio quem diz sem pensar no nariz

Biodiesel, reciclagem, sem bobagem
Tietagem com energia vinda do Sol
Juventude, para a saúde, mude
Sábio quem diz sem pensar no nariz

Lucro compartilhado, renda residual
No cenário atual, crescimento acelerado
Sofrimento parcelado sem juros ou promessas
Sábio quem diz sem pensar no nariz

O cheiro do novo não levanta a ganância
Não deve, não deve
Não teme, leme


Postar um comentário