quarta-feira, dezembro 14, 2011

A 12 horas da última rodada do Brasileirão 2011

(coluna escrita 12 horas antes da rodada final sensacional do Brasileiro-2011 de Futebol)

Está congelado este momento do futebol brasileiro. Faltam exatas 12 horas para o início da derradeira rodada que definirá o Campeonato Brasileiro de Futebol da Série A de 2011. Resolvi acordar para escrever sobre isso, parece. Pois o momento me chama a atenção. Realmente não existe um campeonato de futebol no mundo tão equilibrado quanto o nosso. Vamos fazer o teste indo de time a time.

O Campeonato Brasileiro de Futebol da Série A é composto por 20 times. Antes de começar esta emocionante última rodada, com todos os jogos começando no mesmo horário ( tirando o de um ou outro cartola que acaba atrasando o jogo de seu time por alguns minutos sem punição), o Corinthians aparece na 1a. posição. Mas não aparecia no início do campeonato como favorito absoluto, como Real Madrid e Barcelona aparecem na Espanha. Quem é a principal estrela do Corinthians? O goleiro Julio Cesar? O sheik das botinadas Emerson, que estará suspenso para o último jogo? O Corinthians precisa de um empate para o título, mas foi colocado o ingrediente a mais, pois assim como o bando de loucos enfrentará o maior rival para tentar ganhar o título, assim será com a maioria esmagadora dos demais.

O Vasco, que é o único time a ter chance de tirar o título do Corinthians, não estava só nesta posição há 5 rodadas apenas, quando tinham 8 times disputando o título. Novamente aí, uma estrela diferente a se destacar, saindo da zaga: o grandalhão, mas rápido, decisivo e goleador Dedé. Para apimentar ainda mais, o Vasco precisa vencer a última partida, mas não contra qualquer time. Vai definir tudo contra o time dos torcedores que mais o chamaram de “vice” nos últimos tempos: o Flamengo. Só por isso já tem aquele super ingrediente de decisão.

Vamos ao terceiro lugar da tabela, o Fluminense. Apesar de ser um dos poucos sem almejar muita coisa, pois não tem chances de título e já está classificado para a Libertadores, pode consolidar o Botafogo de fora dela, pois o time alvinegro ainda tem (poucas) chances.

O quarto colocado da tabela é o Flamengo, que já citamos. Precisa de um empate contra o Vasco. Mas qualquer resultado é imprevisível.

O quinto colocado foi a grande surpresa da última rodada. Qual campeonato no mundo consegue reservar uma surpresa para a penúltima rodada? De repente, quando ninguém esperava, o Coritiba galgou todas as posições até a quinta, e agora “só” precisa de uma vitória para confirmar sua vaga na Libertadores. Incrível, ok, mas joga contra quem? O furacão Atlético/PR, seu maior rival, lutando desesperadamente para não cair. Na imprensa paranaense, muitos qualificam este como o Atletiba do século. Um amigo meu torcedor do Furacão preferiu refugiar-se em uma praia a ver este jogo. É só para quem tem certeza do bom funcionamento do coração, se é que isto é possível.

Inter/RS e Figueirense ainda tem chances de Libertadores, na sexta e sétima posições. E jogam contra quem? Seus principais rivais, Grêmio e Avaí. Na oitava posição, o São Paulo jogará sua última chance de Libertadores também contra um grande rival, o Santos. E aí que o Campeonato Brasileiro chama muita atenção. Antes de falar do Santos, só lembro que o Botafogo é o último time na nona posição a ter chance de Libertadores. Vamos ao Peixe então, décimo colocado. O que atrai a curiosidade do mundo todo é que a maior estrela do campeonato, o Neymar, pode ser coroado durante a semana como o melhor jogador do Brasileirão-2011, tendo seu time ficado em décimo lugar. É o mesmo que dizer que um jogador do Genoa na Itália, ou do Getafe na Espanha levariam o cetro de melhor jogador do Ibra ou do Messi.

Indo então para a 11a. posição, temos o Palmeiras. Bom, se fosse em outro campeonato, para que jogaria o 11o. colocado? Só que aqui ele fará um dos maiores clássicos do futebol brasileiro, contra o Corinthians, e deverá fazer de tudo para tirar o título deles. Emocionante ao extremo.

Na 12a. e 13a. colocações, o mesmo vale para o Grêmio e para meu time do coração, o Galo Atlético Mineiro. Disputarão seus maiores clássicos, contra Inter e Cruzeiro, decidindo muita coisa. No caso do Galo, para muitos torcedores é um dos momentos mais importantes das últimas décadas. É poder jogar o seu maior rival na Série B, e devolver algumas piadinhas de quando o time caiu para este mesmo lugar 6 anos antes.

Na 14a. posição, alguém poderia considerar que se trataria de um time sem muitas aspirações históricas, o Atlético/GO, mas mesmo assim jogará para consolidar sua vaga na Sulamericana, um feito inédito na história do clube.

Quer respirar? Impossível, pois o Bahia, o 15o. lugar, terá papel fundamental na vida de Ceará, contra quem joga, Cruzeiro e Atlético/PR. Caso perca o jogo para o Ceará, pode decretar 4 times nordestinos na Série A de 2012.

Em 16o. lugar, vem Cruzeiro, jogando com torcida única uma das partidas mais importantes de sua história sem seus dois maiores ídolos, Montillo e Fábio.

Em 17o. lugar o Ceará fará esta partida histórica para o Nordeste contra o Bahia fora de casa.

Em 18o. lugar, o furacão Atlético/PR fará o Atletiba do Século para muitos, como falamos.

E aí sim, Avaí e América, os dois únicos já rebaixados, e mesmo assim farão jogos históricos neste Domingo.

O momento está congelado. Posso voltar a dormir, pois é o melhor jeito de conter a ansiedade das próximas 10 horas e 35 minutos. Sim, para quem gosta de matemática e faz contas, levei 1 hora e 25 minutos para escrever esta coluna de novecentas e quarenta palavras.

Postar um comentário