sexta-feira, novembro 28, 2014

Conhecendo Jodorowsky, despedindo-me de Bolaños

" Pássaros criados em gaiolas acreditam que voar é uma doença." (Alejandro Jodorowsky)
Eu acabei de descobrir esta frase lá na capa do Face da querida comadre +Ana Paula Passos
Fiquei fascinado com a mensagem, pois nunca aceitei o prazer de alguém vendo um passarinho preso na gaiola. Pq a mensagem é perfeita: só quem não voa acha que viajar é ruim e acaba perdendo um dos grandes prazeres da vida. Se você não tem gaiolas, viaje, agora! Nem que seja para a cidade mais bonita mais perto de sua cidade! Vai!
Fiquei impressionado com a sacada poética deste +Alejandro Jodorowsky  que não conhecia e olha lá: para minha surpresa mais de um milhão e trezentas mil pessoas já eram fãs dele.
Como pode né? Este mundo não nos apresenta automaticamente pessoas assim logo que nascemos? Olha aqui, Fred, este é o Alejandro Jodorowsky, escute o cara.
Ok, demorou, por isso, obrigado Paulinha por apresentá-lo.
É mais um ser abençoado das terras chilenas do Pablo Neruda e de tantos amigos queridos ( e vinhos ) chilenos.
(pausa para dizer algo a um amigo meu)
+Claudio Kalim hoje o atacante mordedor Suárez, mas verifique se a velhice não lhe reserva a suave aparência deste craque da criação? Até o sorriso bondoso é o mesmo :<))

(continuando...)
Aos dez anos ele já trabalhava como palhaço, saindo de Iquique para Santiago.
Aos quatorze foi para Paris.
Aos trinta e três, não virou Cristo mas criou um grupo multimídia.
Aos quarenta e um, já cineasta, virou ídolo "só" do Jonh Lennon. ( como é bom ter ídolos, permita-se!).
Aos cinquenta, começa a escrever histórias em quadrinhos!
Hoje tem quatro filhos, oitenta e cinco anos e uma pintora como esposa.
E eu, aos quarenta, preciso urgentemente ler sua biografia!
Bravo!


ÚLTIMA FORMA: ao publicar esta mensagem, descobri que +Roberto Gomez Bolaños  , o eterno Chaves, criou asas. Para um último vôo. Obrigado, amigo de todos.
ÚLTIMA FORMA 2: acabei de descobrir que Jodorowsky e Bolaños nasceram em 1929. São estas coincidências que nos maravilham a vida.
Postar um comentário