sábado, fevereiro 18, 2006

Bico

Cafú operou
Três vezes
Joelho, garganta, nariz
Mas nada opera
Sua alma
De jogador brasileiro
A imprensa faz bico
O craque devolve
de bico
O coração
No bico da chuteira
Na esteira do sucesso
Um recesso forçado
Um repouso suado
Se no fim um resultado
Tem o nome de hexa
Fardo de ser vice
Ou fugido nas quartas
Não é de fazer manha
Chegará na Alemanha
Pronto pras batalhas
Não importa seu final
Nada disso
Muda sua glória
Brasileiro capitão
Do esporte bretão
Com amígdalas gritou
Decorado no bico
No momento mais solene
100% Jardim Irene
Postar um comentário