sexta-feira, fevereiro 24, 2006

Sumiço no Carnaval

Carnaval no blog
Sumiço!
Poeira depositando-se
Para onde vão as palavras
Algum lugar do Brasil
Uma fazenda, uma avenida
Para a poesia pausa
E quem não ousa a alegria?
Roda de samba
Gringo de perna bamba
E o quadril não amolece
Esquece
Reza uma prece
A turma do refúgio
Oração não tem hora
Uns chacoalham
Outros namoram a lua
Nua vai a luz do dia
Junto aos pés dos mais bebuns
Tiricunduns
Bumbuns
Já sumiu a sobriedade
Amor não tem idade
Para onde vai o casal?
Celebrar o Carnaval
Num pé de jaboticaba
A marchinha nunca acaba
Se uma roda determina
No auge da serpentina
Que não suma a ingenuidade
Postar um comentário