quinta-feira, setembro 13, 2007

Me rendi aos alfajores Havanna


Sou um chocólatra destes que esbanjavam os alfajores por não serem chocolate, apenas meros alfajores com algumas partes de chocolates em alguns.
Pois a paixão de minha esposa pelos alfajores da marca Havanna mudaram totalmente meu conceito.
Que absurdo ficar tanto tempo com este preconceito. Quantas vezes passei em frente a algum alfajor Havanna sem ao menos ter uma mínima atenção por eles atraída.
Pois tudo mudou graças á bondade quase tardia de meus neurônios, que se organizaram para finalmente jogar este tabu no chão. Enfim provei o famoso alfajor Havanna.
Sabe o que acontece quando provamos um: ele se solta na boca.
É muito suave.
Até hoje, nunca tinha visto um pretendente a chocolate tão bem-sucedido.
Buenos Aires, aguarde minha volta.
Serão bem menos alfajores Havanna expostos nas vitrines.
Terão destino certo.
Postar um comentário