quarta-feira, abril 05, 2006

Futeblog

A descrição do blog promete futeblog
Algo que estava em falta por aqui
O que não falta é jogador grogue
Após trombada é sangue cor de açaí

Parem tudo colegas. Eu não prometi
futebloguesia. Apenas futeblog.
Sendo assim, não cobrarei de mim
mesmo
falar de futebol em forma de versos.
A não ser que eu só fale de
Ronaldinho Gaúcho.
Ele é puro verso.

Mesmo assim, tentarei falar apenas
do lado poético do futebol. Um lado
que será buscado.
Por exemplo, os articulistas nunca
falam dos torcedores, dos vendedores,
dos bandeirinhas.
Bom, destes últimos até falam,
mas em forma de crítica contundente.

A parte futeblog deste blog será
preenchida
por pequenos contos envolvendo uns
personagens que andei criando.
Vou contar algumas histórias sobre
eles, para eles não ficarem tão presos
dentro da caixola cerebral deste
aqui que vos escreve.

Então, vamos terminar com um
pouco mais de futebloguesia.
Ainda hoje eu começo o futeblog.
Parecendo a Marisa Monte,
lançando dois de uma vez.

A trave saiu das quatro linhas
pra virar ditado
O garanhão bateu na trave,
dizem do fracassado no amor
O meio-de-campo virou diplomacia
do sem lado
E a bicicleta, esta veio para os
campos
com louvor
Postar um comentário