quinta-feira, abril 06, 2006

Manoel Quatromila

Manoel Quatromila é daqueles sujeitos
que não entram pra ganhar.
Seja num jogo de futebol,
ou até em jogo de bolas de gude.
Não importa. Se tem alguém para ser
o último lugar, só pode ser ele.
Parece até direito adquirido.
Nos tempos de escola, seus colegas
já ficavam aliviados. Sabiam que
em último não ficariam.
Nem nas notas na sala de aula,
nem na corrida de 100 metros
livres do campeonato anual.
O último lugar estava sempre
reservado para Manuel Quatromila.
Até que no auge de seus 22 anos de idade,
ele resolve apostar em corridas de cavalo.
Obviamente que levando consigo a certeza
desesperante já nesta idade
que nada daria certo.
Deu uma olhada nos cavalos.
Procurou o que tinha menos chances:
o Dark Silvester.
Foi sua grande jogada na vida.
Prevendo que este cavalo ficaria
em último lugar, e não querendo
correr riscos de criar expectativas,
foi logo no azarão.
Para cada real apostado,
o Dark Silvester pagaria R$120.
Nunca havia ganho uma
corrida na vida.
A corrida começa.
O cavalo " Artista Prateado", como
sempre o favorito, dispara na frente.
Seguido dos demais, que procuravam
a segunda posição, de longe.
Eis que surge então uma chuva.
Escura como o cavalo azarão diz
em seu nome inglês.
Não deu outra. Parecendo
que os céus ditariam os
novos rumos da vida de
Manoel Quatromila, o cavalo
Dark Silvester aproveitou
este combustível inesperado,
ultrapassou quase voando
todos os demais cavalos,
e pela primeira vez em
sua eqüina vida, ganhou
uma corrida.
Assim mudou a vida
de Manoel Quatromila.
O resto vocês descobrirão
neste blog nos próximos capítulos,
ou como dizem posts.
Postar um comentário