quinta-feira, junho 01, 2006

Soldado Pintado

O soldado pintado saiu do quadro
Criou pernas que não mais tinha
Foi pra guerra do dia-a-dia
Lá encontrou novas armas
Levou tinta, lavou roupa
Foi pra fila da sopa
Já ninguém mais conhecia
O quadro nasceu na Croácia
Em roubo parou no Brasil
quanta audácia
sem suas patas um croata
em busca de novas camas
já não mais sofria
sozinho se detinha
na vitrine dessa vida
voltou
soldado dentro do quadro
soldado
o seu sangue era vermelho
dos pincéis de um pintor
que pintava sem dor
de um soldado em conflito
que se assusta com um apito
do leilão vindo a seguir
será que vai sorrir
com seu próximo destino?
Haja intestino
Postar um comentário