domingo, julho 29, 2007

Pensando no esfomeado

O umbigo é o abrigo do resto do sujo do dia
O orgulhoso suicida pulando do alto de seu ego
O sujo acaba no nada de um canto sem encanto
O banho é necessário pois lava a alma sem sermão
O resultado da sociedade está no canto dos olhos
Não desperdice o sanduíche de sua lanchonete
Há uma boca o querendo
Postar um comentário