quarta-feira, janeiro 24, 2007

Possessivo


Pego na brisa o teu sorriso rico
Cato na onda o teu passo fundo
Sequestro irmanamente tua mente
Rodeio por horas teus segundos
Sigo tua sombra até me encontrar
Uso teu crédito para meus débitos
Registro tua beleza com os olhinhos
Ilumino minha sala com tua luz
Preciso de um registro deste amor
Aí fico tranquilo, não sou mais tão
possessivo
Postar um comentário