segunda-feira, setembro 04, 2006

Matematicamente vivendo

Em alguma das próximas vidas eu devo nascer matemático.
Ou já fui em outras. O fato é que tenho prazer em usar os números para viver melhor.
Pra controlar a ansiedade. Pra chegar mais rápido nos lugares, ou pra passar o tempo quando participo de alguma atividade que não está na lista das 100 mais interessantes.
Bom, se a palavra matemática significa apreciador do conhecimento, então já sou matemático. Oba.
Lendo o blog do meu recente amigo blogueiro Sérgio , reparei que na sua postagem Viagens e Caminhos II, ele estabelece uma meta de viajar no segundo semestre de 2012, fazer o Caminho de Santiago.
Eu contei, são aproximadamente 2123 dias.
Para os Jogos Panamericanos , são 312 dias. Eu quero que ele venha logo.
Vai ser uma festa bonita, perto da gente. Devo estar lá.
Da última vez que contei, eram 27 milhões e 300 mil segundos.
Hoje, neste momento, já faltam menos de 27 milhões de segundos.
Ou seja, em quatro dias, passaram-se 300 mil segundos, que são muito mais que...quatro. Se eu tivesse contando em dias.
Na estrada por exemplo. Se a estrada está feia, ou se está escurecendo, todo mundo com sono, recorro à matemática. Se a distância a percorrer é de 500 km, eu já converto para o 100%.
Depois de 100 km, se algum dos tripulantes começa a dar sinais de cansaço de algum tipo, aviso que já percorremos a incrível marca de 20% do total da viagem. Não sou doido de dizer que faltam 400 km. É muito...
Isso é o suficiente para acalmar os ânimos por um bom tempo.
Nesse momento eu pego os 400 km restantes e transformo em 100% novamente.
A viagem passa rápido. Juro.
Mais 100 km passados e se alguém pergunta quanto da viagem já se foi, falo 25% sem pestanejar. Aviso a todos que a partir de agora, a viagem passará muito mais rápido, Basta acompanhar os números.
E de vez em quando aviso quanto falta da viagem.
Os tripulantes têm a bela sensação de que este comandante realmente sabe das coisas, está tudo sob controle.
Para atividades que você deseja eternizar, faça o contrário.
Se você viajar para um paraíso terrestre por 7 dias, e achar que 7 dias é muito pouco, guarde este número: 10.080 minutos de férias. Aumentou, né?
Se no meio das férias você achar que mesmo assim tá tudo passando muito rápido ( férias sempre passam mais rápido que o trabalho), converta os últimos 5.000 minutos em 300.000 segundos. Na volta das férias, quando alguém te perguntar como foi, terá sido sua viagem mais longa de 7 dias que você já fez.
Os números são mágicos.
Eu tenho muitos outros exemplos, mas prefiro não cansar os desavisados.
Se você acha que esta postagem não teve o final que você queria, continue aumentado-a nos comentários, logo abaixo.

Escreveu em aproximadamente 5.000 segundos e algumas paradas Fred Neumann, aos 177.099 artigos em português da Wikipédia
Postar um comentário