quarta-feira, agosto 30, 2006

A conversa-12

Esta conversa, ou conjunto de conversas, foi travada entre 3 personagens: O Artista Plástico, O Pianista e O Fazendeiro.
O Pianista resolve num belo dia visitar O Artista Plástico.

O Pianista: Rapaz, eu conheço esta entrada de fazenda. É de meu tio. Posso levar este quadro para ele ver?
O Artista Plástico: Claro. Leve, deixe lá por uns dias, e depois pergunte o que ele achou.

Feito o trato, lá se foi O Pianista para a casa do Fazendeiro.

O Fazendeiro: Olá, meu sobrinho, que prazer receber sua visita. O que te traz aqui?
O Pianista: Olá, meu tio, " bença". ( beija a mão do tio). Vim lhe trazer um quadro pra você apreciar. Vou deixá-lo aqui por uma semana pra você apreciá-lo.
O Fazendeiro: Tudo meu, meu sobrinho.

O Pianista foi no carro, pegou o quadro, deixou-o na casa do tio e foi embora.
Passou uma semana, lá estava O Pianista de volta na casa do Fazendeiro.

O Pianista: E então, meu tio, gostou do quadro? Reconheceu-o?
O Fazendeiro, e sua gentil sensibilidade: Ora, meu sobrinho, reconheci sim. É a entrada de minha fazenda. Pois não vou querer ficar com o quadro não. Por que eu precisaria de um quadro destes, se eu já vejo esta cena todo santo dia, ao vivo?

Postado aos 175.862 artigos em português da Wikipédia.
Postar um comentário